Social Icons


segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

O que caralhos o Shia Labeouf está tentando fazer?




            Se você já leu o texto da Vice sobre o lance super artístico que o Shia Labeouf está fazendo em Los Angeles, provavelmente deve ser perguntar; tá, mas qual o conceito disso tudo? Se ainda não sabe do que está acontecendo, dê uma olhada na matéria: http://www.vice.com/pt_br/read/o-shia-labeouf-esta-fazendo-um-lance-superartistico-em-la.
            A questão inicial; isso é arte? Questionando através dessa exata premissa temos que nos relembrar de movimentos artísticos como “dadaísmo” e logo entra no conceito (meio que filosófico) de “o que é arte?” ou até onde “vai o limite da arte?”.

            Todos podem fazer arte? Espera os imortais das disciplinas de artes visuais que não, afinal se todos podem fazer arte e tudo se torna arte, por que alguém de fato se especializaria no assunto? Mas essa não é a principal questão em relação ao Labeouf... ele é um ator...fez filmes...logo ele é um artista...mas e o lance dele?
            Você até pode interpretar como de fato uma intervenção, mas tendo a mínima competência (que agradeço ao amigo Luiz Biajoni por ter mostrado e ligado os fatos) você pode associar esse lance do Labeouf com essa outra noticia que saiu recentemente no G1 “Shia Labeouf é acusado de plagiar o cartunista Daniel Clowes, diz site” http://g1.globo.com/pop-arte/cinema/noticia/2013/12/shia-labeouf-e-acusado-de-plagiar-o-cartunista-daniel-clowes-diz-site.html
            Agora vamos aos objetos que tem na exposição segundo o Jamie Lee Curtis Taete em seu texto da vice:
“Os objetos na mesa eram um uquelele, uma garrafa de Jack Daniels, um pote contendo tuítes malvados sobre o Shia impressos, uma tigela com aqueles bombonzinhos Kisses da Hershey's, um vidro de colônia Brut, uma cópia do Death-Ray do Daniel Clowes, um bonequinho do Optimus Prime, um alicate e um chicote.”


            Sacou? A intervenção se chama #IAMSORRY, tem uma cópia de uma HQ do Daniel Clowes e vários materiais para pode atacar de maneira ofensiva Shia, além do próprio saco de pão que ele veste com os escritos “I AM NOT FAMOUS ANYMORE” em uma tentativa de se redimir.
            Acontece que não há como ele se redimir de maneira irônica achando que vai sobressair facilmente dessa (enquanto escrevo isso é possível que milhares de pessoas achem besteira e que ele está fazendo um puta negócio), mas acredito que o melhor que ele teria fazer agora é o que o Biajoni comentou; “ele só devia desaparecer por um tempo, uns dois anos.”.
            Vai lá Shia, dá uma de Belchior ou Sady Baby e cai nesse mundão... dá uns calote... E depois quando sentirem saudades lembre-se que só um postal basta.
            E se você ainda considera o que Shia está fazendo, um puta lance de arte de primeiro mundo, por favor, pegue,vá tomar um banho repense e por que não dar um tempo de uns dois anos e só dar noticias através de postais?!


            Agora, para mostrar que a “zuera não tem limites” Jerry O’Connell também resolveu dar uma “sacaneada”: 


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Blogger Templates