Social Icons


domingo, 14 de julho de 2013

A Grande Farsa do Rock – O Filme dos Sex Pistols




Foda-se que foi o dia do rock, bom talvez seja por isso... enfim decidi escrever uma resenha sobre um filme tão aleatório e tão pouco conhecido que é um dos meus favoritos! “The Great Rock’n Roll Swindle”. O filme dos Sex Pistols.
Uma espécie de Mockumentary (documentário fictício) dirigido por Julie Temple (do qual a maioria dos vídeos dos Pistols foram feitos por ele), A grande farsa do Rock foi mais uma ideia de Malcom McLaren explorar a banda e atingir novos produtos; dessa vez o audiovisual.
No começo do filme, vemos Malcom (seria mesmo Malcom?) coberto com uma máscara de couro fetichista, do qual se autodenomina o criador do “Punk”. O filme em si debocha dos Pistols e de tudo que for possível e deixa bem entendido que o objetivo da banda era somente de lucro; causar caos e chamar atenção para serem vendidos, e automaticamente criar uma nova geração, a geração de 77.
O filme ainda mostra Malcom ensinando alguns passos para como vender sua banda e deixar tudo comerciável possível. Ainda temos Steve Jones como um investigador particular caçando o Malcom. O filme não segue se quer nenhuma linha.
Dividido entre cenas aleatórias, animações (sim! Animações geniais dos Pistols) e outros vídeos, porém “A Grande Farsa do Rock” conta somente com participações gravadas anteriormente de Johnny Rotten, o qual se recusou em fazer parte desse teatrinho.
O filme ainda zomba de tudo que poderia ser possível na época e vemos diversas situações engraçadas. Muitas das cenas deletadas tornaram-se Cult tal como a do Paul Cook em seu cadillac com alguns “faggots”.
Temos Sid Vicious completamente insano no filme, vemos perambulando por bairros judeu com sua
camiseta fascista além de suas interpretações musicais de C’mon everybody e Somenthing Else... Ah e My Way...pode não parecer,mas Sid não estava nem um pouco empolgado na época para fazer esse cover.
Aproveitando a trilha sonora como produto, o filme usou algumas características tanto quanto emblemáticas tal como “Who Killed The Bambi” e também cenas posterior ao que era o inicio do fim dos Sex Pistols,quando Sid estava internado e Steve e Paul vieram ao Brasil!
Sim, no filme tem cenas dos Pistols no Brasil, do qual eles encontram um ex-comandante nazista que resolve dar continuidade na banda! Espere... estava me esquecendo; Temos também a participação de Ronnie Biggs,o ladrão de trem do qual se refugiava no Brasil, que inclusive gravou com a banda em algum estúdio no Rio.
O filme termina com participação de Ted Tenpole Tudor como funcionário de um cinema e um música insano de “Friggin in the Riggin”.
“The Great Rock’n Roll Swinddle” é a junção de vários vídeos em diversos momentos da banda, tentando construir uma linha de história da qual jamais foi capaz e evidenciando o fato de que tudo foi produzido na intenção de lucro (inclusive o filme). Divertido e com cenas bacanas é um ótimo filme para os fãs de Pistols e algo compreensível para um mundâneo.

 Trailer do Filme:

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Blogger Templates